O Resgate do Carcará

Hoje pela manhã um filhote de falcão foi encontrado no chão da porta da pousada. O filhote é de um casal de Carcarás.

Ainda só com penugens, não voa e caiu do ninho do alto de uma palmeira.

A vítima

Se deixado no chão, como foi encontrado, iria morrer. Então, a equipe de guias entrou em ação.

A montagem do ninho.

Os guias Nego e Cabelo construíram um ninho com folhas secas, colocaram o filhote dentro e montaram em uma árvore.

O ninho e o filhote

Depois de colocar a ave no ninho, os pais carcarás voltaram a alimentar o bebê.

Registramos em 2 vídeos a equipe se preparando e o resgate. Assista abaixo.

A Preparação:

O Resgate:

Autor: Helder

A Onça Vaqueiro

Esse é o Vaqueiro.

No Refúgio Ecológico Caiman as onças encontram um ambiente saudável com muita fartura de presas.

Jacarés, capivaras, queixadas, veados e cutias são alimento para elas, mas as onças caçam gado também.

A Caiman perde por volta de 400 cabeças de gado por ano para as onças-pintadas, mas para quem se preocupa com conservação isso não é um problema.

A equipe da Caiman seguiu a rotina de alimentação de uma onça-pintada por 2 semanas e ela foi um exemplo desses dados acima. Em uma semana ela se alimentou de 3 bezerros.

Devido a essa onça-pintada caçar bois regularmente e ter uma marca em forma de V em sua testa, demos a esse grande macho o nome de VAQUEIRO.

Veja-o em ação:

Realizando as melhores práticas de observação de fauna, com experiência em ecoturismo e respeito às onças, esses animais incríveis nos deixam produzir o tipo de filme que você pode conferir abaixo. Após realizar as técnicas de aproximação, olhe como o animal não vê o veículo como ameaça ou presa. Essa é a forma correta de se fazer Ecoturismo.

A onça adormece em nossa presença após se alimentar.

Autor: Helder

A Vida no Refúgio

No cardápio culinário do Pantanal, entre os pratos mais típicos, o churrasco pantaneiro se destaca. Ele consiste de grandes peças de carne, de diversos cortes, servidos em um longo espeto de madeira pelos campeiros, que usam seus macetes para fatiar a carne em seu prato. Peixes de água doce também são pratos deliciosos, comuns especialmente para as populações que vivem ao redor de rios e grandes lagos. Os sabores são geralmente fortes e apimentados.

Alguns dos peixes que fazem parte da cultura da culinária pantaneira são o pintado, cachara, pacú ou piraputanga, sejam assados, cozidos ou fritos.

Mas também há outros pratos típicos como o arroz carreteiro, por exemplo, que é feito com arroz e carne seca, acompanhados de farofa com banana. Além da famosa galinhada, preparada em panela de ferro.

Comidas típicas

Autora: Fernanda (gerente)