Caiman
Home
Caminhada


Caminhando com o Tamanduá-bandeira.

Um dos passeios mais interessantes do Refúgio Ecológico Caiman são as caminhadas. Uma experiência incrível é andar lado a lado com os animais pantaneiros. Essa semana, um encontro dos hóspedes com o tamanduá-bandeira produziu a foto acima. Os hóspedes da Pousada Caiman tiveram a chance de chegar bem próximo do tamanduá-bandeira, entender como ele se alimenta, ver suas garras e língua enormes e até ouvir sua respiração.

Com o auxílio de nossos experientes guias e suas técnicas de aproximação, oferecemos um incrível contato com a vida selvagem, sempre com muito respeito e ética. Muitos animais, como o tamanduá, nem percebem que estão sendo observados, tão silenciosos são os encontros com a vida selvagem.

Outro avistamento fantástico dos hóspedes da pousada foi um encontro no mínimo curioso. A frase que conhecemos quando estamos alerta “um olho no peixe e outro no gato” faz uma comparação interessante com o jacaré da foto abaixo. O jacaré-do-pantanal tem o hábito oportunista de manter-se contra a correnteza esperando que um peixe nade próximo para poder pescá-lo. Nessa ocasião, o jacaré estava de olho no peixe, mas também no gato à beira da água. Uma jaguatirica, um felino raro e muito bonito, estava à espera de peixes também. Encontros incríveis com animais incríveis. Só aqui na Caiman.

Jacaré-do-pantanal: um olho no peixe e outro no gato.

Autor: Helder Brandão (Gestor Ambiental)

2


A comunidade Caiman e o Projeto Onçafari.

Durante o mês de agosto os hóspedes da Caiman puderam experienciar o dia a dia de um projeto de conservação. Em um passeio com o Projeto Onçafari, todos puderam ver as atividades para a conservação da onça-pintada através do ecoturismo.

E não só os hóspedes, mas também a comunidade Caiman pôde participar, como os funcionários da pousada e seus filhos, peões da fazenda e suas famílias, ou seja, toda a comunidade.

Safari off-road.

Saindo em um safari off-road, além de apreciar a riqueza da vida selvagem pantaneira, todos viram as armadilhas fotográficas para identificação de cada onça-pintada, os sinais de demarcação territorial, os equipamentos para monitoramento de onças com GPS, todo o processo de captura das onças e o processo de habituação aos veículos.

Palestra com Mário Haberfeld, líder do projeto.

O Refúgio Ecológico Caiman aproximando comunidade e conservação. Parabéns, Projeto Onçafari.

Autor: Helder Brandão (Gestor Ambiental)

Flor-1


Piúva: Árvore símbolo do Pantanal

Em agosto o Pantanal seca bem, a poeira levanta, muitas árvores perdem as folhas, a paisagem ganha tons cinza e marrom e o ambiente fica seco e árido. Essa descrição parece dura e hostil, mas durante uma semana a natureza nos surpreende de repente.

Em meio aos galhos secos e ao sol escaldante, uma cintilante coloração rosa aparece. É a Piúva, árvore símbolo do Pantanal, florescendo para o deleite da comunidade pantaneira.

Hóspedes da Pousada Caiman que estiveram na fazenda em agosto tiveram a oportunidade de apreciar essa manifestação da natureza.

E o prazer de ver essas lindas flores é efêmero, pois elas caem em apenas 7 dias. É o Pantanal novamente nos mostrando como devemos apreciar intensamente a natureza durante a semana rosa.

As flores em detalhes.

Autor: Helder Brandão (Gestor Ambiental)

Caiman
POUSADA CAIMAN – Pantanal
Estância Caiman, S/N
Zona Rural – Miranda - MS - CEP: 79380-000
Telefone/Fax: +55 67 3242-1450
CENTRAL DE RESERVAS – São Paulo
Telefone: +55 11 3706-1800 | Fax: +55 11 3706-1808
Caiman
© Copyright 2016 - POUSADA CAIMAN. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido ou usado, exceto com a permissão prévia por escrito.
DZ - Du Zupanni
SM - Samuel Melim
SB - Sidney Bloch
TR - Thiago Rocha
ZP - Zapa
Fotografia (créditos)
. Site by Miss Lily.

Caiman

Refúgio Ecológico

Acomodações

Reservas

Pantanal
Caiman Refúgio Ecológico
Caiman Refúgio Ecológico Caiman